Dinâmicas de Desenvolvimento Sustentado Fomentadas pela Criação do Parque Arqueológico do Vale do Côa

Fernandes, António Pedro Batarda (2005) Dinâmicas de Desenvolvimento Sustentado Fomentadas pela Criação do Parque Arqueológico do Vale do Côa. In: Conservar para Quê? CEAUCP, Porto and Coimbra, pp. 183-197. [Book Section]

[img]
Preview
PDF
1314.pt.pdf

Download (1MB)

Abstract (in English)

In Portugal, as, for certain, elsewhere, heritage preservation is often seen as something less important. It is not uncommon archaeologists and other related professionals to be perceived as obstacles to 'Development'. Within this context, the creation of the Côa Valley Archaeological Park offered an opportunity to experiment a different kind of development model. The main objective of the implementation of this model was to strike a balance between the use and the preservation of a unique rock art patrimony, inscribed by UNESCO in the World Heritage List. Therefore, far from intervening in a landscape an environment understood as static or unchangeable, the idea was to put into practice a sustainable development model anchored in the concrete and permanent qualities of the region. Despite being a process that only in the medium and long run will generate visible and consolidated results, the truth is that it conciliates heritage preservation with regional socioeconomic development. The promotion of the local quality products (Port wine, wine or olive oil) or the establishment of an excellence tourism offer that can continue to captivate visitors are fundamental components of the implemented sustainable development process and also an example of the dividends such a process might create.

Num país em que a preservação do património é muitas vezes vista como algo de muito secundário e em que os arqueólogos e outros profissionais relacionados com a área são vistos como "empecilhos" ao desenvolvimento, a criação do Parque Arqueológico do Vale do Côa (PAVC) veio proporcionar uma hipótese de experimentar um outro modelo de desenvolvimento. A implementação de tal modelo visa apostar num tipo de desenvolvimento em que a premissa fundamental reside no equilíbrio entre o aproveitamento e a preservação do património ímpar de arte rupestre do Vale do Côa. Assim. longe de tentar intervir numa paisagem e ambiente entendidos como estáticos ou imutáveis, a aposta passa pelo fomento de um desenvolvimento sustentado, fundado nas realidades concretas e permanentes da região. Apesar de este ser um processo que só no médio e longo prazo produzirá resultados visíveis e consolidados, a verdade e que ele permite conjugar a preservação do património com o desenvolvimento socioeconómico regional. O escoamento dos produtos locais de qualidade (vinho, azeite, mel ou amêndoa) ou o aperfeiçoamento de uma oferta turística de qualidade que capte visitantes duma forma continuada e cuja estada na região possa ser o mais prolongada possível são componentes fundamentais num processo de desenvolvimento sustentado e também exemplo das mais valias que tal processo pode criar.

Item Type: Book Section
Authors:
AuthorsEmail
Fernandes, António Pedro Batardabatarda@hotmail.com
Languages: Portuguese
Keywords: Sustainable development; Sustainable tourism; Rock art; Rock art sites; Heritage management; Portugal
Subjects: B. ARCHAEOLOGY > 11. Rock art
E.CONSERVATION AND RESTORATION > 07. Management
J.HERITAGE ECONOMICS > 02. Economic impact of heritage
J.HERITAGE ECONOMICS > 05. Heritage and sustainable development
P.GEOGRAPHIC AREAS > 05. Europe
Name of monument, town, site, museum: Côa Valley, Portugal
UNESCO WHC Number: 866bis
Depositing User: António Pedro Batarda Fernandes
Date Deposited: 22 Dec 2011 09:48
Last Modified: 22 Dec 2011 09:48
URI: http://openarchive.icomos.org/id/eprint/1020

Actions (login required)

View Item View Item

Metadata

Downloads

Downloads per month over past year

View more statistics

© ICOMOS
http://www.international.icomos.org
openarchive(at)icomos.org